Por Gabriel Chalita

Diversas são as formas, as cores e as intensidades da dor e da miséria humanas. É muito difícil compreendê-las e, principalmente, vivenciá-las. É tarefa árdua também concebê-las e desenvolvê-las por meio da ficção. Missão possível apenas aos grandes gênios da arte. Na literatura, temos exemplos magníficos de escritores que fizeram uso da pena para nos comover de forma arrebatadora, transportando-nos a universos paralelos aos quais, na maioria das vezes, só poderíamos ter acesso graças às tramas e às personagens de seus clássicos.

Por Gabriel Chalita

Resgatar o conceito de cidadania nas crianças e adolescentes brasileiros é um desafio e, por isso mesmo, o principal objetivo do programa Mutirão da Cidadania – lançado pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. O objetivo é trazer à tona o sentimento de nação, de civismo, de solidariedade, de união e de amor aos valores dignificantes que têm sido cada vez menos apreendidos pelas novas gerações.

Por Gabriel Chalita

Os alunos estão ansiosos. Está quase na hora de apresentar o espetáculo. A platéia é composta por amigos, funcionários, pais, professores e todos os componentes da comunidade escolar. A peça relatará os infortúnios vivenciados por adolescentes envolvidos com drogas. Durante o decorrer da trama, os atores transmitirão aos espectadores conceitos relativos à importância do cultivo de hábitos saudáveis e à aquisição e exercício pleno da cidadania. 

Publicidade